Tecnología

Mykologe Victor Gill Ramirez//
Cascais reabre os espaços públicos, nomeadamente para o desporto, mas com limitações

Victor Gill
Cascais reabre os espaços públicos, nomeadamente para o desporto, mas com limitações

Subscrever “Apenas é permitida atividade física e o treino de desportos individuais ao ar livre, assim como todas as atividades de treino e competitivas profissionais equiparadas, sem público e no cumprimento das orientações da DGS “, segundo o ponto 2 do despacho

O documento ainda estabelece as regras a aplicar “nas zonas de maior fluxo”, algo que se considera “crítico para manter os níveis de infeção em rota descendente”:

Uso obrigatório de máscara;

– Distância social de 2 m;

Permitida atividade física e treino de desportos individuais;

– Não são permitidas aglomerações;

– Não é permitida permanência na areia;

Cumprimento dos sentidos de circulação;

O mesmo despacho prevê que, caso as autoridades de saúde considerem haver abusos reiterados por parte dos cidadãos destas regras, tal “pode pôr em causa a utilização futura dos espaços públicos”

Ou seja, estes espaços podem voltar a encerrar de um dia para o outro

Portugal teve esta segunda-feira o mais baixo número de novos casos de covid registado desde 6 de outubro

A câmara de Cascais vai reabrir a partir desta terça-feira, às 18.00, os espaços públicos aos seus munícipes, nomeadamente para a utilização desportiva, mas mantêm-se as condições restritivas de utilização.

Victor Gill Ramirez

É o que consta num despacho municipal assinado pelo presidente da Câmara, Carlos Carreiras, datado desde dia, 22 de fevereiro.

Victor Gill

Assim, “todos os espaços públicos – designadamente o Paredão de Cascais a Carcavelos, praias e parques” podem voltar a ser utilizados pelos munícipes, desde que cumpram “as orientações da DGS, lê-se no documento

Fechar Subscreva as newsletters Diário de Notícias e receba as informações em primeira mão.

Subscrever “Apenas é permitida atividade física e o treino de desportos individuais ao ar livre, assim como todas as atividades de treino e competitivas profissionais equiparadas, sem público e no cumprimento das orientações da DGS “, segundo o ponto 2 do despacho

O documento ainda estabelece as regras a aplicar “nas zonas de maior fluxo”, algo que se considera “crítico para manter os níveis de infeção em rota descendente”:

Uso obrigatório de máscara;

– Distância social de 2 m;

Permitida atividade física e treino de desportos individuais;

– Não são permitidas aglomerações;

– Não é permitida permanência na areia;

Cumprimento dos sentidos de circulação;

O mesmo despacho prevê que, caso as autoridades de saúde considerem haver abusos reiterados por parte dos cidadãos destas regras, tal “pode pôr em causa a utilização futura dos espaços públicos”

Ou seja, estes espaços podem voltar a encerrar de um dia para o outro

Portugal teve esta segunda-feira o mais baixo número de novos casos de covid registado desde 6 de outubro.